A Educação em Montaigne

Autor: José Antônio dos Reis Resumo: A pesquisa tem por objetivo abordar a concepção da “nova maneira” de ensinar de Montaigne, exposta nos capítulos “Do Pedantismo” e “Da Educação das Crianças” dos Ensaios, e propor, a partir dessa concepção, a derivação de uma formação aberta ao diálogo com a diversidade dos costumes e cosmovisões deContinuar lendo “A Educação em Montaigne”

EXPERIÊNCIA E CONSCIÊNCIA MORAL EM ROUSSEAU

Autor: Allison Ribeiro e Silva Resumo: O presente trabalho é um estudo da obra Emílio ou Da Educação de Jean-Jacques Rousseau, cujo objetivo consiste em investigar a participação da concepção pedagógica rousseauniana na formação da consciência moral do personagem Emílio. O trabalho está dividido em três partes com as seguintes preocupações: apresentar o processo deContinuar lendo “EXPERIÊNCIA E CONSCIÊNCIA MORAL EM ROUSSEAU”

O “Pai da Pátria” segundo o Tratado Sobre a Clemência de Sêneca

Autor: Eric Ewans Mendes – Mestrando em Filosofia Social Resumo: A obra Tratado sobre a Clemência de Sêneca é uma das grandes obras da filosofia das quais pode-se ter acesso hoje. Rica em seu conteúdo essa obra trabalha um ponto que foi uma das preocupações dos grandes filósofos: a questão da educação, no caso aqui,Continuar lendo “O “Pai da Pátria” segundo o Tratado Sobre a Clemência de Sêneca”

A FORMAÇÃO DO SUJEITO MORAL NA PERSPECTIVA KANTIANA

Autor: João Paulo da Silva Martins Resumo: O filósofo Immanuel Kant concebe o homem como um ser racional, capaz de desenvolver e aperfeiçoar seu próprio ser. Os outros animais encontram no instinto o seu modo de ser e de como proceder, mas o homem, por ser dotado de razão, precisa formar-se por si mesmo. DesseContinuar lendo “A FORMAÇÃO DO SUJEITO MORAL NA PERSPECTIVA KANTIANA”

EDUCAÇÃO EM ARISTÓTELES

Autor: Juliano Xavier da Silva Costa Resumo: O objetivo deste estudo é investigar a proposta educacional de Aristóteles e sua finalidade a partir das obras Ética a Nicômaco e Política. Apoiados na primeira obra, encontramos os princípios para a formação do caráter. Na Política encontramos a estrutura do processo educativo aristotélico. Entendemos que as concepçõesContinuar lendo “EDUCAÇÃO EM ARISTÓTELES”